Narcóticos Anônimos enfrentam desafio adicional na pandemia: a solidão

Narcóticos Anônimos enfrentam desafio adicional na pandemia: a solidão

A irmandade dos Narcóticos Anônimos (NA), presente em 144 países, se viu em uma encruzilhada no meio do caos que a pandemia da Covid-19 instalou em todo o mundo. Precisando, mais do que nunca, dar auxílio aos seus adictos, termo usado para definir uma pessoa viciada em subst√Ęncias químicas ou determinados comportamentos, as reuni√Ķes presenciais, que tinham como base o abra√ßo, o contato humano, foram suspensas. O apoio mais caloroso entre “irm√£os” foi interrompido de um dia para o outro.