Medo de reação à vacina não deve ser impedimento à imunização

Medo de reação à vacina não deve ser impedimento à imunização

Todas as vacinas, inclusive as utilizadas contra a Covid-19, podem gerar rea√ß√Ķes como febre, dor de cabe√ßa e fadiga. Esses s√£o considerados efeitos comuns, com curta dura√ß√£o e sem gravidade, que se manifestam em algumas pessoas, após a vacina√ß√£o. "Rea√ß√Ķes desse tipo s√£o previstas, no entanto, o medo de que ocorram n√£o deve impedir que as pessoas se imunizem", orienta a titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Sh√°dia Fraxe.

A secret√°ria destaca que a vacina√ß√£o é uma das armas mais importantes no enfrentamento à Covid-19, sendo fundamental a ades√£o da popula√ß√£o. "Fomos alertados de que alguns trabalhadores de educa√ß√£o estavam receosos em rela√ß√£o a efeitos adversos e queremos tranquiliz√°-los, destacando a import√Ęncia da vacina para a prote√ß√£o individual e coletiva", observa.

Sh√°dia explica que, ao se vacinar, a pessoa contribui para o aumento da cobertura vacinal, ou seja da quantidade de indivíduos imunizados dentro de um grupo populacional, aumentando a seguran√ßa de todos, inclusive dos que n√£o puderam ser vacinados. "O município fez um grande esfor√ßo para garantir vacina aos trabalhadores de educa√ß√£o e a volta segura às atividades de ensino presenciais, com o empenho pessoal do prefeito David Almeida, que buscou a Justi√ßa para antecipar o atendimento a esse grupo priorit√°rio. Ent√£o, orientamos os que ainda n√£o se vacinaram a procurar um dos nossos postos. A recomenda√ß√£o também vale para os que fazem parte de outros grupos j√° contemplados na campanha e para os que ainda n√£o receberam a segunda dose", pontua.

A chefe da Divis√£o de Imuniza√ß√£o da Semsa, enfermeira Isabel Hernandes, explica que as diferentes vacinas contra a Covid-19 utilizadas atualmente na campanha municipal (CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer), podem produzir rea√ß√Ķes semelhantes, sendo que a febre, a dor de cabe√ßa e a fadiga s√£o as mais frequentes entre os que apresentam desconforto após o recebimento da dose. "S√£o sintomas semelhantes aos da gripe, que podem incomodar por um ou dois dias, sem gravidade, e que n√£o significa, de modo algum, que a pessoa tenha sido "contaminada" pelo imunizante", observa. Ela ressalta que n√£o h√° possibilidade de infec√ß√£o a partir das vacinas, feitas apenas com partes do vírus ou com o vírus inativado.

A enfermeira acrescenta que além dos sintomas semelhantes aos das síndromes gripais é comum ocorrer dor no local de aplica√ß√£o da vacina, o que pode ser amenizado com compressa gelada. Também pode haver, de forma rara, efeitos adversos de maior gravidade, que devem ser comunicados ao servi√ßo de saúde mais próximo do usu√°rio, para assist√™ncia e notifica√ß√£o aos sistemas oficiais. "É importante lembrar que, embora todas as vacinas possam produzir efeitos indesej√°veis, os eventos adversos graves s√£o raríssimos, e que uma vez aprovadas para o uso, as vacinas representam benefício infinitamente maior que o risco, por isso passam por diversas fases de teste", salienta.